Carregando...
Marketing

Como divulgar o blog na mídia e como se relacionar com veículos e assessores de imprensa

Blog relação com a mídia, assessoria de imprensa

Olha a Mariana Bueno (que comanda o blog Mariana Viaja) contribuindo mais uma vez aqui na Hello Blogger! Dessa vez, o assunto é essencial para o mundo blogueiro, mas ainda vem sendo pouco discutido.

A relação dos blogs com a mídia é parte essencial da profissionalização de todo site. Mas será que você sabe como divulgar seu blog na mídia? Mais ainda: será que sabe se relacionar de forma saudável e produtiva com veículos e assessores de imprensa?

A Mari (que além do blog também é jornalista e já trabalhou muitos anos com assessoria) abre o jogo aqui pra gente. Fala, Mari:

___________________________

Blogs e mídia: como os dois podem se relacionar

Dia desses, em uma das ações da HelloBlogger, conversamos sobre divulgar o blog na mídia. Falei um pouco da minha experiência por já ter dado entrevistas para jornais, sites, programas de rádio e televisão e então veio a ideia de escrever um texto sobre isso.

Sou formada em Jornalismo, já trabalhei com assessoria de imprensa e, depois, trabalhei também por alguns anos em redação de matéria para sites. Ou seja, conheci os dois lados. Hoje, com o blog, sigo atuando dos dois lados simultaneamente.

A parte de redação do meu conteúdo, mas também na divulgação dele. Claro que minha experiência profissional ajuda muito nisso. Vejo que tem muita gente meio “perdida”, o que é absolutamente natural, especialmente para quem nunca foi desse meio tão cruel que é a Comunicação Social. Então listei algumas dicas que, espero!, possam ajudar.

Eu, mídia

Esse é o nome de um livro que talvez até já esteja desatualizado porque o digital muda tudo muito rápido.

Mas lembro que usei no meu TCC da pós-graduação que falava exatamente em como as redes sociais possibilitaram que todo mundo se tornasse um produtor de conteúdo – isso há quase seis anos, quando eu achava a ideia positiva e nem imaginava que as mentes criadoras de fake news e outras barbaridades poderiam usar as redes de forma deturpada.

Mas enfim… Acho importante colocar isso porque o termo “blogueiro” acabou ficando meio mal visto, exatamente por tanto picareta que não produz conteúdo sério, mas se intitula como tal. Daí a necessidade da gente saber conduzir isso de uma forma mais profissional.

O blog é um veículo de mídia. Você pode optar por um conteúdo 100% autoral, somente relatando suas experiências, ou pode, também, ter outros tipos de material. Isso vai da linha editorial de cada um.

Quem deseja produzir conteúdos diversos vai precisar de informações, que são enviadas pelas assessorias de imprensa. Atenção: assessor de imprensa não é uma pessoa que manda brindes ou oferece parcerias, embora também possa acontecer. Assessor é a pessoa responsável por divulgar na mídia um produto ou serviço de uma pessoa ou marca.

Passo a passo: Você pensa numa pauta. Lista as informações que precisará saber. Pensa quem poderia de fornecer informações que contribuam com essas pautas. Procura os assessores desses lugares. Entra em contato e explica a pauta.

Se quiser, pode solicitar que ele te inclua no mailling e a partir daí você poderá receber alguns releases e produtos, serviços, eventos, etc. Vale lembrar que release não é para ser copiado/colado, é apenas um texto que apresenta o assunto e, a partir disso, você cria o seu.

É muito importante estar ciente que este é um trabalho de troca de informações! O assessor não vai te convidar para ir ao resort ou te enviar um produto. E não, você não vai estar divulgando de graça. Ele te passou algo valioso, que é a informação que você precisava para enriquecer seu conteúdo. E você divulgou o assessorado dele (marca) no seu texto. É assim que funciona.

Eu, assessor

E, sendo o blog um produto, por que não divulgá-lo na mídia? O blogueiro pode ser o seu próprio assessor. Mas, antes disso, é importante saber que tipo de informação você tem a passar!

Não adianta querer divulgar que tem um blog, porque isso não é pauta, salvo raras exceções em que haja algum gancho. De modo geral, “dicas de viagem” não é pauta, “escrever um blog” não é pauta, “viajar pelo mundo” não é pauta. Ter um nicho bem definido é essencial, porque é isso que te diferencia.

Leia também: Porque definir o seu nicho?Porque definir o seu nicho?

No meu caso, falo sobre viajar sozinha. Esse é um bom tema e interessa a vários veículos, tanto TV como impresso ou digital. Se encaixa nas editorias de comportamento, de turismo, dependendo do foco que eu queira dar – dicas para organizar a viagem, dicas de destinos para ir sozinha, dicas para aprender a curtir a própria companhia…

São assuntos que eu falo sempre no blog, não é que eu viajei sozinha um dia. Esse é o meu foco principal, tenho“autoridade” para falar disso.

Passo a passo: Você pensa em uma pauta interessante na qual seu blog/você se encaixe. Escreve um release. Pesquisa veículos e editorias. Entra em contato, apresenta a pauta e se coloca à disposição caso achem que seja interessante abordar. Eventualmente pode rolar e, se não rolar naquele momento, em outro pode ser que sim.

E lembre-se que você não está pedindo um favor! Você tem credibilidade para falar sobre um tema e está oferecendo sua contribuição ao jornal. Você não está querendo aparecer (ou até está, mas não no sentido pejorativo).

Você tem um trabalho, um conhecimento. E enviar um release ou responder por email às perguntas não é escrever de graça para o veículo. Entrevistas não são pagas, isso não tem a ver com desvalorização do trabalho. Da mesma forma que quando você é a mídia e faz contato com o assessor, é uma relação de troca.

Assessoria profissional

Acho importante ressaltar que assessores de imprensa são pessoas formadas em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas ou Jornalismo. Não tem como, em um texto ou mesmo em um dia, ensinar como se faz, porque é uma profissão que, como outra qualquer, tem suas especificidades.

Mas é possível dar um panorama geral para que aqueles que quiserem possam ser os assessores de seus blogs e divulgá-los na mídia.

Claro que nada disso se compara a contratar uma assessoria de imprensa. Primeiro porque, como já falei, são profissionais formados e especializados. Segundo porque se dedicam 100% a isso, ao contrário do blogueiro que na maioria das vezes tem um trabalho principal, mais o blog, mais as redes sociais todas, mais os mega shares para dar uma força, mais a vida real (sim, ela existe!).

Mas saber quando ou se vale a pena contratar um assessor vai depender muito de cada pessoa, do tipo de produto que quer oferecer, se é algo que pode trazer algum retorno, porque afinal, é um investimento.

Sair na mídia dá retorno para o blog?

Não. Assim, curta e grossa, que é pra não iludir ninguém. Nas vezes em que apareci na TV, tive uns dois dias de muitos novos seguidores nas redes sociais, Instagram principalmente (o que não significa que o engajamento vai aumentar, inclusive muito pelo contrário).

No blog, tive um pico de acesso e notei que nesses dias a página mais acessada era a home, ou seja, as pessoas foram direto buscar o blog, ao contrário dos demais dias em que a maioria chega até ele por alguma busca no Google.

Mídia impressa e digital sempre me trouxe acessos muito irrisórios. Rádio nunca consegui mensurar, mas nada significativo também, senão eu teria notado.

Ou seja, sair na mídia te dá uma visibilidade momentânea, traz gente nova, o que também é importante, e, principalmente, te dá credibilidade. Você não é “uma qualquer”, você já falou sobre esse tema em tal e tal programa/jornal. E essa credibilidade vale muito!

Então, reformulando a resposta, talvez seja SIM. Dá retorno. É que a gente pensa de imediato no retorno de acessos e financeiro, o que realmente não acontece. Mas ajuda a fortalecer e acho que tudo isso é parte do caminho.

PS: Se faça presente, seja no mundo virtual ou real!

Faça contatos, participe de lives em outros instas, convide outras pessoas para lives no seu, interaja, vá a palestras, participe de palestras, mesmo que não seja algo remunerado, mesmo que não seja para muita gente.

Mostre que você sabe falar, que sabe passar informações. As pessoas precisam saber do seu trabalho, da sua existência. Numa dessas uma produtora da Fátima Bernardes começa a te seguir, gosta do seu conteúdo, e simplesmente te liga fazendo um convite. 😛

Leia mais da Mariana aqui no site: Como inovar no Youtube produzindo conteúdo de viagem

Siga Mariana Viaja nas redes sociais: Youtube | Facebook | Twitter | Instagram

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *