Loading...
Técnica

Pare de procrastinar e comece a produzir! Como?

Como evitar a procrastinação

Olá, senhora procrastinação falando por aqui! Fui convidada pelas meninas do Hello Blogger para dar uma palavrinha contigo. Se você quer me evitar, tudo bem, mas saiba que depois que aprender a lição é um caminho sem volta.

Brincadeiras a parte, eu, Maytê, volto no comando deste texto e te mostro que pode ser mais fácil do que você imagina parar de procrastinar.

Quando pensar em deixar para depois, lembre-se: procrastinar é dar a oportunidade para que nunca vire realidade.

Sem enrolação, direto ao ponto.

A Klécia já falou sobre como ser mais produtivo e monitorar o seu tempo. Assunto de extrema importância quando você está se afundando na procrastinação. Não saber para onde está indo o seu tempo é perigoso.

Muita calma nessa hora! Segunda-feira é uma espécie de 01 de Janeiro, sempre repleto de novos planos para uma semana cheia de esperança. Então domingo é o dia de fazer acontecer.

Use o seu domingo para planejar a sua semana. Por aqui comecei a utilizar o alarme do celular. Domingo, às 18:30 ele toca e avisa: planejamento semanal!

Papel e caneta na mão, faço o meu to-do-list semanal.

Agenda e caneta na mão, distribuo os afazeres ao longo da minha semana blocos de tarefas.

Blocos de tarefas

Pra mim foi a salvação começar a organizar meu dia em bloco de tarefas. Sabe aquele lance de focar em uma única coisa e dar o seu máximo naquilo? Pois é! Inclusive existe o bloco redes sociais, Netflix e por aí vai… 

Para não dá margem para cair na tentação quando estou fazendo o bloco: escrever post, planejar conteúdo, analisar dados, responder e-mail … eu deixo o celular longe, abas do computador fechadas e notificações desativadas. O Whatsapp pode esperar e o like naquela foto mara também.

Então, no meu domingo eu já organizei a semana toda (sou flexível para as adaptações).

07:00 – 08:00 – Rotina matinal e café da manhã

08:00 – 09:00 – Caminhada com a Duda (minha cachorrinha)

09:00 – 09:30 – Banho

09:00 – 10:30 – Tarefa 1

10:30 – 10:40 – Recompensa da tarefa 1 (falaremos disso em detalhes =D)

.

.

.

E assim eu programo toda a minha semana. 

Utilizo o alarme do celular para controlar o tempo, com direito a gordurinha no planejamento para que eu não corra o risco de pegar o período da próxima tarefa e bagunçar tudo.

Só criar um to-do-list pra mim era muito vago! Eu sei o que eu tenho que fazer, mas… sempre tinha algo mais importante (que óbvio, não era nada importante, na frente).

Sobre as tarefas

Se você tem mais liberdade de escolher o que vai fazer ao longo do seu dia tente intercalar atividades que você gosta com atividades que você não goste tanto. Dessa maneira você não cansa de fazer só aquilo que não te dá prazer.

Importante que essa organização siga até a noite. Incluindo tarefas domésticas, refeições e até mesmo momentos com a família. Começar o dia com uma agenda toda organizada já faz com que o seu dia comece de maneira diferente e você bem mais animada. Aquele desejo de cumprir cada uma das tarefas e ganhar uma estrelinha no final do dia, nos motiva.

Deixe em evidência as tarefas que são prioridades no seu dia. Aquelas que faça chuva ou faça sol você precisa cumprir. Se for possível, essas tarefas devem ser as primeiras do seu dia.

O Poder do Hábito

Sou fã do livro O Poder do Hábito, do Charles Duhigg. Ele estudou como os hábitos funcionam e como podem ser transformados.

O autor afirma que através da repetição do comportamento, os hábitos são assimilados criando um processo de aprendizado e internalizando o conceito.

Essas ações inconscientes são repetidas automaticamente com o tempo, porque o cérebro está sempre procurando maneiras de poupar esforços.

Portanto, compreender porque o hábito é realizado e saber qual a sua finalidade, é um grande passo para ser alterado através da repetição de uma outra ação.

Se pergunte o porque está fazendo determinada tarefa. 😉

Sendo assim, fica claro que não vamos criar uma rotina do dia para a noite. Deixar de procrastinar e criar um hábito novo, requer tempo.

Sobre a recompensa

Charles Duhigg também fala sobre o “Loop do Hábito”, que é a forma como um hábito se insere e funciona.

Começa com uma Deixa: estímulo que manda o cérebro entrar em modo automático, e indica qual hábito deve ser usado. Leva a uma Rotina: que é a forma como executamos a deixa

Recompensa: que ajuda o cérebro, a saber, se vale à pena memorizar este loop para o futuro.

Que tal você criar pequenas recompensas para cada tarefa concluída? Redes sociais, uma boa leitura, um cafézinho, um vídeo no YouTube… Vale tudo! Só não se esqueça de contar o tempo da sua recompensa. Se para cada tarefa concluída, gastar uma hora nas redes sociais, não vai adiantar muito. =x

Mostre para a sua mente que é possível fazer o que tem que ser feito e ainda fazer o que você gostaria de fazer.

Bora tentar?

 

2 comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *