Loading...
Desempenho

Como usar o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog

Como usar o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog de viagem

O Google Analytics continua um mistério para muito blogueiro de viagem. Tem blogger que só entra na plataforma para conferir o número de acessos diários e dar aquela conferida no número mensal de pageviews. Deixa eu contar uma coisa pra vocês: O Google Analytics é uma ferramenta poderosa, que vai muito além desses números e análises superficiais. E se você não explora ao máximo a plataforma, está perdendo uma grande oportunidade de melhorar os resultados do seu blog! Vem comigo que vamos bater um papo bacana nesse post sobre como você pode entender sua audiência e identificar oportunidades para gerar mais tráfego (de qualidade!) para o seu blog. Vamos falar numa linguagem simples e pouco técnica sobre como usar o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog.

Como usar o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog

Antes de começar com as dicas, que tal uma introdução? Temos dois posts que valem a leitura se você ainda não está muito familiarizado com o Google Analytics: Como configurar o Google Analytics e dicas de vocabulário básico da plataforma. Depois de ler esses posts, a gente pode falar com mais facilidade sobre como usar o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog de viagem! 😉

1 – Monte uma planilha de resultados

“O que não é medido, não é gerenciado”, já dizia William Edwards Deming, um canadense que ficou conhecido por melhorar os processos produtivos dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Olhando os dados do Google Analytics de uma forma completa, você vai conseguir identificar muito mais facilmente as variações sazonais da audiência, o que está funcionando e quais as áreas que precisam de mais investimento no seu blog.

Por exemplo, você sabe qual é o seu melhor mês de acessos? E já entendeu porque acontece esse aumento exatamente nesse período? É um post específico, quem sabe você tem posts para um destino de temporada?

Os dados analisados mês a mês te ajudam a responder essas perguntas e indicam como anda o desempenho do seu blog. E qual a melhor forma de ver todos esses dados importantes, juntos? Com uma planilha lindona no Excel, mas é claro! Escolha uma data por mês e sempre naquele mesmo dia, anote as estatísticas mais importantes para sua estratégia.

Você não sabe quais estatísticas monitorar? Fica com a gente até o final do post que vamos conversar sobre algumas delas!

2 – Identifique os dias/horários mais populares

Monitore semana a semana quais são os dias e horários com mais acessos no seu blog. Toda segunda e terça depois das 18h? Ou domingo de manhã? Se você der uma olhada na curva de acessos semanal, ela segue um padrão que te mostra os dias que sempre recebem mais acesso. Dê uma olhadinha no gráfico dos horários de acesso que você vai entender o comportamento do seu leitor ao longo do dia. Quando você tiver a resposta sobre os melhores dias e horários, tente programar novo conteúdo para esses momentos mais populares entre os leitores. Assim um grande número de visitantes encontrará conteúdo novo em folha quando visitar o seu blog de viagem!

E o que fazer com horários menos populares a cada semana? Que tal programar o trabalho de marketing de conteúdo (como por exemplo divulgar posts no Stories), tentando captar nova audiência para dar aquele ‘up’  nesses períodos com baixo acesso?

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Público, visão geral

3 – Quanto tempo os leitores gastam em cada página do seu blog?

Qual seu time: Blogger que escreve posts grandões ou mais curtos? Já prestou atenção em quanto tempo seus leitores estão gastando em cada post do seu blog? Isso é condizente com o tamanho dos posts que você escreve? E como anda a sua bounce rate (a temida taxa de rejeição)?

Se seu leitor passa menos tempo que o esperado para ler um post completo, será que não está na hora de repensar a estratégia? Diminuir o tamanho dos posts e colocar links para vincular o conteúdo é uma opção. Ou ainda: será que sua escrita de viagem está realmente cativando seu leitor, para que ele fique grudadinho no post até o final? Será que a estratégia de links internos está sendo bem trabalhada, para fazer o leitor navegar em vários posts e diminuir a bounce rate? Esses são apenas alguns insights que você pode ter analisando o tempo na página e a bounce rate do seu blog!

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Comportamento, visão geral. Comportamento, tempo na página. Público, visão geral.

4 –  Entenda o fluxo dos leitores

Você sabe quais são as principais ‘landing pages’ do seu blog? Landing pages são aqueles posts que atraem os leitores, os primeiros posts que são acessados, que funcionam como porta de entrada para seu blog. E você sabe se a partir desse post os leitores vão para alguma outra página no blog? Quais são esses posts que eles visitam depois? Ou eles só visitam essa primeira página e saem do blog?

Quando você entende quais são suas principais landing pages do seu blog, pode trabalhar melhor a estratégia de links internos, para tentar atrair seu público para visitar mais um e mais um post no seu blog. Tente linkar posts que estão relacionados e complementam as dicas das suas landing pages. Por exemplo, se você tem um post super bem acessado com um roteiro de Buenos Aires, que tal trabalhar esse post com links do que fazer na cidade, ou onde comer? Isso pode atrair leitores para esses outros posts que não recebem tanto acesso.

Além disso, aproveite esses posts de destaque para trabalhar os seus links afiliados e consiga melhorar os resultados de monetização do seu blog!

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Público, fluxo de usuários. Comportamento (fluxo de comportamentos, engajamento)

 5 – Entenda a origem do seu tráfego

Você sabe de onde vem a maioria dos seus leitores, blogger? Será que é acesso direto (digitando sua URL no endereço do navegador), via Google, mail list ou redes sociais? E se é pra entender bem o perfil do seu usuário, você também precisa saber quais as redes sociais que estão rendendo acessos, se isso varia mês a mês – e porquê!

Se os acessos do Google são sua grande fonte de tráfego, sua estratégia de SEO provavelmente está indo pelo caminho certo. Se seu público vem das redes sociais, você deve ter uma boa base de seguidores interessada no seu conteúdo. Se você recebe muito tráfego referenciado (a partir de links do seu blog em outro site), que tal conversar com esse colega blogueiro para fazer mais uma troca de links? Isso definitivamente é um bom exemplo de como usar o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog de viagem!

Com esse conhecimento, você sabe o que está funcionando melhor e consegue definir qual a melhor estratégia: investir mais esforço no que está dando certo ou investir pesado no que ainda não rende bons resultados? Pense também: vale investir em uma rede social que te dá o maior trabalho e rende 0,5% dos seus acessos? Não é melhor investir em outra rede que te traz mais acessos com menos esforço? Blogueiros com bons resultados investem seu tempo com estratégia!

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Aquisição, visão geral

5 – O que os leitores andam pesquisando no site?

A maioria de nós disponibiliza uma lupa ou um espaço específico para que os leitores procurem conteúdo no blog. Você já deu uma olhada no que os leitores andam pesquisando nessa sessão de Busca do seu site? Isso pode ajudar muito na hora de planejar:

1) a organização do conteúdo – porque se o pessoal está procurando, é provável que esse conteúdo não esteja muito fácil de encontrar no blog, né?

2) produção de novo conteúdo – se há uma grande quantidade de pesquisa por determinado tema, olha aí uma boa oportunidade de um novo post que promete bons acessos!

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Comportamento, pesquisa interna

6 – Conheça seu leitor!

Homem ou mulher? De que país? De que estado? Será que a maioria dos seus leitores vem do sul do Brasil, por exemplo? Isso te dá excelentes dicas de que tipo de conteúdo você pode produzir para alimentar essa audiência. Ou se você precisa investir em um outro tipo de conteúdo para atrair sua audiência-alvo.

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Público (Informações demográficas, Interesses, Geográfico e mais)

7 – Qual a tecnologia que o leitor está usando?

Você sabe qual a tecnologia que seu leitor usa para acessar o blog? Desktop, celular ou tablet? E qual o navegador mais utilizado? Junte essas informações com outras análises interessantes: seu blog está otimizado para uso em celular? O tempo de carregamento de página em celular e computador está ideal? Já testou o carregamento do seu blog em todos os navegadores? Combine esses dados e trabalhe as falhas, para que você possa oferecer a melhor experiência possível para quem visita o seu blog!

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Público (tecnologia, navegador e sistema, rede, dispositivos móveis). Comportamento, velocidade do site. E claro, o Google PageSpeed Insights.

8 – Seu leitor é fiel?

Você sabe quantos dos leitores que acessam seu blog retornam em outro momento para ler mais conteúdo? Quem retorna, volta na mesma semana, na semana seguinte? Qual a percentagem de leitores que acessa seu blog por quatro semanas seguidas?

Manter uma fidelização dos leitores é uma das tarefas mais difíceis em um blog de viagem. Esse é um segmento onde a concorrência é muito grande! ‘Ficar na cabeça’ do leitor depende muito de encontrar o diferencial do seu blog de viagem. O que faz de você um blog diferente dos outros tantos blogs? Pode ser a sua escrita, as fotos ou os tipos de posts publicados, com assuntos que ninguém está discutindo. Na hora de produzir conteúdo, que tal direcionar esforços para fazer esse leitor voltar para ler um novo post semana que vem?

Onde conseguir essas informações no Google Analytics? Público (valor de vida útil, análise de coorte). Comportamento (novos x recorrentes, frequência e tempo para retorno)

O Google Analytics é muito mais que número de pageviews!

E a gente espera que esse post tenha ajudado você a enxergar um pouco das possibilidades da plataforma. Entre no Google Analytics agora mesmo e passe um tempo tempo navegando na plataforma. Veja que existem ainda muitas outras funcionalidades interessantes, que a gente nem comentou aqui!

Que tal mostrar que você realmente está se dedicando?

Passa aqui nos comentários e cite uma dessas estatísticas bacanas, que você descobriu sozinho no Google Analytics! Conta pra gente também como você está usando o Google Analytics para melhorar os resultados do seu blog de viagem! 😉

3 comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *