Loading...
Fotografia

4 dicas de fotografia que você precisa saber para fazer fotos profissionais

Se você tem (ou quer ter) um blog de viagem, você já deve saber que suas fotos devem ser impecáveis! Não estou dizendo que você precisa ser um fotógrafo profissional, mas estou dizendo que você deve se preocupar com o seu material fotográfico. Ele pode ser a porta de entrada para o seu blog. Sem que você precise investir tempo e dinheiro (só um pouquinho de dedicação) passo aqui quatro dicas de fotografia para você dar um upgrade nos seus cliques.

A primeira impressão é a que fica! Isso serve para a vida e serve para o seu blog de viagem também. Se ao entrar na sua página, as suas fotos são mal tiradas, tortas ou de baixa qualidade você pode ter o melhor conteúdo da internet, mas muitos leitores vão te abandonar (sem ao menos ler o seu material). No instagram não será diferente.

Hoje em dia as pessoas são visuais, elas querem ver o destino e se imaginar lá! E se você não proporcionar isso, seu esforço será muito maior para conquistar e manter seu público.

Mas não se descabele, esse universo é complexo sim, mas d-e-s-p-a-c-i-t-o! Vamos começar pelo básico. Hoje em dia muitos celulares estão fazendo um excelente trabalho como câmera fotográfica, mas não vamos falar de equipamentos e sim de melhores práticas para suas fotos subirem de nível.

Coloque o despertador para tocar e levante cedo!

Uma vez assisti um documentário sobre fotografia (sorry, não me recordo o nome), onde o profissional dizia que madrugava para pegar o nascer do sol e as primeiras horas da luz do dia. Voltava para o hotel, dormia e acordava no final do dia para pegar o pôr do sol e a cidade iluminada.

Eu sei que nós aqui somos blogueiros, turistas e não fotógrafos profissionais. Acontece que depois que eu vi isso eu mudei os meus hábitos nas viagens e comecei a levantar cedo. Às 8:00 eu já estaou na rua (não tão cedo, mas não tão tarde) e assim as minhas fotos começaram a mudar e melhorar.

As primeiras horas de luz do dia são as que deixam as fotos mais bonitas.

Para quem já leu um pouquinho que seja sobre fotografia, sabe que estou falando da hora dourada e sabe também que isso acontece duas vezes no dia: pela manhã, logo após o nascer do sol, até por volta das 9:30. E volta a acontecer ao entardecer, quando o sol começa a descer e vai até o sol se pôr. A luz do sol deixará sua foto mais alaranjada, e com menos sombra (já que o sol ainda ou já está baixo).

Não é difícil entender o motivo para tal denominação, os elementos da sua foto vão ganhar uma tonalidade mais alaranjada (ou dourada) e com isso vão ganhar calor. Dizem que uma foto mais quente é uma foto mais aconchegante, é mais fácil de cair no gosto das pessoas.

Mas o ponto sobre acordar cedo não se limita única e exclusivamente por causa da iluminação. O fato de chegar cedo em um ponto turístico faz com que o lugar esteja vazio. As fotos com pessoas são sempre válidas e um excelente material (se você souber encaixar a pessoa naquele cenário), mas as fotos sem elas também podem ser fantásticas.

Pra isso, comece a se programar para levantar cedo e explorar a cidade!

De olho na tela – Regra dos terços.

Essa é básica, do fotógrafo profissional aos que estão começando a se aventurar nesse campo.  A diferença entre o profissional e amador, é que o profissional já faz isso no automático. Já os que estão iniciando precisam ainda de uma ajudinha, então aqui vão as dicas.

Primeiramente: ative no seu celular e/ou na sua câmera a grade que vai dividir sua tela em 9 partes iguais.

Estudos dizem que quando uma pessoa olha uma imagem, os seus olhos prendem-se nos pontos de intersecção desta divisão dos 3/3 e não no centro da imagem, como muita gente pensa. Me incluo nesse! Por isso temos o costume de centralizar tudo e qualquer coisa na hora de fotografar.

Se não centralizada, como então?

Ao decidir que você vai tirar uma foto, análise o cenário e entenda qual é o elemento que você quer destacar (uma pessoa, uma flor, um prédio, um prato). Encaixe ele nos pontos de intersecção e voilà.

Dicas de fotografia

Para fotografar pessoas que estão olhando para a câmera, encaixe os olhos da pessoa em um (ou dois) dos pontos que se encontram.

Para fotografar uma paisagem, divida a tela em três partes iguais e tente capturar elementos distintos distribuídos entre essas três telas. Assim é possível dar uma ideia de profundidade na sua foto. Não esqueça de alinhar o horizonte! Nada pior que uma foto de paisagem com o horizonte torto.

Dicas de fotografia

Por fim, para fotografar um objeto aproveite uma das linhas para alinhar corretamente o seu objeto e claro, alinhando também com o ponto de intersecção.

Atenção! Não saia por aí cortando o corpo das pessoas.

Certeza que já pediu para a sua avó tirar uma foto e ela cortou cabeça, pé, mão e afins! Cortar o corpo nas fotos não tem problema, mas requer uma certa habilidade para isso. Não saia cortando qualquer coisa!

Já foi comprovado que fotos com membros mal cortados geram desconforto. Quem vê a foto fica com aquela sensação de que está faltando algo.

Lembre-se sempre: mãos precisam dos dedos, tornozelos precisam dos pés. Você não quer transformar ninguém em um cotoco com uma simples foto mal tirada.

Tente ao máximo cortar as pessoas só na cintura ou nos ombros, assim não tem erro!

Busque referências

Existe uma frase que diz: nada se cria, tudo se copia! Mas talvez aqui se encaixe melhor a seguinte frase: não foi cópia, foi só uma inspiração!

Antes de viajar busque fotos pela localização e pelas hashtags do destino, faça sua pesquisa e salve as que mais te inspiram no celular. Além de poder criar suas fotografias com base no que você encontrou e gostou, você pode ter dicas de elementos que combinam com o cenário (chapéu, guarda-chuva, roupa florida ou neutra, uma flor, um lenço).

Claro que o instagram hoje em dia é a maior fonte de referência de fotos super produzidas, mas não se limite a isso, busque no google imagens e também no Pinterest.

Isso faz com que você tenha fotos bacanas da sua autoria. Ainda que você tenha se inspirado na ideia de alguém, esse registro é seu. Essa pesquisa prévia te ajuda a entender o cenário e quais são os elementos fotogênicos do destino.

Dicas de fotografiaPor exemplo, antes de eu embarcar para Portugal fiz a lição de casa e para cada cidade uma pesquisa. Quando estava pesquisando Óbidos, era unânime as fotos de uma tal bicicleta toda estilosa. Chegando lá eu fiquei bem atenta para encontrar aquele elemento que com certeza iria compor uma das minhas fotos.

Mas eu vou ter uma foto igual a de todo mundo?

Bom, você pode optar por ter ou não, mas quem é todo mundo? Pense em quem está lendo o seu blog ou te seguindo no Instagram. Será que a maioria foi para aquele destino? Será que não seria uma foto interessante para você ter no seu acervo?

Hoje em dia os lugares estão cada vez mais instagramáveis, e é possível encontrar elementos fotogênicos. Você pode fazer só mais uma foto ou pode fazer a foto! Basta usar a criatividade, e se souber o que vai encontrar com antecedência tem mais tempo para pensar e se planejar.

Talvez acordar cedo, se atentar aos quadrantes da imagem e ficar pesquisando referências seja trabalhoso, talvez! Mas temos que entender que isso faz parte do nosso trabalho e que as nossas fotos podem fazer toda a diferença.

Agora que você já sabe as dicas básicas para tirar foto como um profissional, confira no Hello Blogger – Como editar suas fotos de maneira rápida e sem custo!

dicas de fotografia que você precisa saber para fazer fotos profissionais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *