Loading...
Fotografia

Preciso de uma câmera! Descubra a diferença entre as câmeras fotográficas

diferenca-entre-cameras-fotograficas

Fotografar é uma arte, que vai muito além do equipamento que você tem. Vai do seu olhar, de treino e da sua sensibilidade. Isso é muito mais importante que o equipamento, mas o equipamento também faz diferença. Você sabe qual é a diferença entre as câmeras fotográficas?

Gosto de dizer que as fotos de um blog de viagem ou até mesmo as fotos do perfil do Instagram (de um blog de viagem) dizem muito sobre o “dono” do blog. Na minha opinião, o cuidado que você tem com as fotos mostra a importância que você dá para o seu trabalho.

Deixando um pouco a parte artística de lado, vamos falar sobre as diferenças de equipamentos que existem hoje em dia no mercado. E nem sempre o mais caro significa o melhor investimento para você.

Câmeras compactas e celulares

Cada vez mais as câmeras compactas estão sendo substituídas pelos celulares. Não é surpresa para ninguém que hoje em dia é possível fazer excelentes fotos com os celulares.

Se você não tem interesse algum em aprender a fotografar no manual, esta é sim uma opção para você. Invista em um bom aparelho celular, com uma boa câmera, adquira um (dois, ou três) power bank e seja feliz.

As fotos de um bom aparelho celular podem ser equiparadas com muitas câmeras que estão no mercado. Embora eles sejam limitadores com relação às funções de fotografar no manual, os celulares mais novos estão vindo com tudo nos comandos manuais. Cada vez mais estão evoluídos no quesito: recursos no modo automático. Isso tudo facilita (e muito) a vida daqueles que só querem registrar o momento e depois postar. A qualidade de imagem de um bom equipamento não deixa a desejar.

Além de ser muito mais leve e muito mais fácil para um viajante levar pra cima e para baixo, uma câmera compacta / celular é muito mais fácil de manusear se você não está a fim de aprofundar o seu conhecimento sobre fotografia. Mas se tem intenção de começar a brincar no modo manual, basta investir em um celular mais moderno. Os celulares mais novos já estão começando a oferecer comandos manuais.

Mas você com certeza vai precisar carregar o peso de baterias extras. Provavelmente o seu celular será o seu GPS, guia, câmera e ainda vai fazer a cobertura para o Instagram Stories. 😉

Dica de blogger: Se você não está afim de quebrar a cabeça, estudar e entender sobre como fotografar no manual e pensa em fotografar apenas no automático, recomendamos o investimento em um bom celular. Não se esqueça de adquirir cartão de memória ou aparelhos com memória grande. Veja o seu celular como investimento de equipamento para o seu negócio. Se você ainda tem dúvidas sobre fotografar no manual, invista ainda mais em um modelo mais novo e comece a brincar com as opções.

Câmera superzoom

Um pouco mais avançada que as câmeras compactas ou os celulares, encontramos as câmeras conhecidas como superzoom. Onde o próprio nome já entrega o seu grande diferencial: o zoom.

Assim como a compacta, a câmera superzoom tem inúmeras opções já pré-determinadas para fotografar no modo automático. Mas o modelo também oferece comandos manuais, porém não oferece opção lentes intercambiáveis. Sua lente é fixa e poderosa, podendo chegar até 40x de zoom, mas também conta com modo macro para os pequenos detalhes.

Embora o tamanho do equipamento lembre as câmeras DSLR (falaremos dela mais tarde) elas não são iguais. As câmeras superzoom são excelentes para quem gosta de capturar detalhes estejam eles próximos e principalmente os que não estão ao nosso alcance. É o tipo de equipamento que não requer muita preocupação com a teoria da fotografia e nem muito esforço para carregar inúmeros acessórios. Embora ela seja bem mais robusta que uma compacta ou um celular.

Câmeras mirrorless

Essa é o tipo de câmera é perfeita para aqueles que querem subir um nível no universo fotográfico. Ainda que você se sinta confortável em fotografar vez ou outra no automático, mas quer começar a se arriscar no manual, essa é a sua opção. 😉

A câmera mirrorless oferece os recursos do modo automático, assim como uma máquina profissional. Além disso esse é um tipo de câmera que permite que você troque a objetiva, que nada mais é que a lente.

As lentes de uma câmera fotográfica também ajudam você melhorar a captação de imagem. Seja uma lente de zoom, olho de peixe, macro, entre tantas outras.  

Se o seu objetivo é realmente fotografar no manual e brincar com as possibilidades de lentes de uma máquina você está no caminho. Agora você precisa entender qual é a melhor opção entre a mirrorless e a DSLR (já vamos falar dela mais abaixo!).

O que exatamente define uma mirrorless é a ausência de espelho interno. Que faz diferença quando você utiliza o viewfinder (o visor atrás da câmera). Não entrarei em termos técnicos, mas o espelho dentro da câmera reflete exatamente o que você está vendo. Isso é: um viewfinder óptico (e a ausência dele) fazem com que o visor seja um viewfinder eletrônico.  

Para quem está começando não faz muita diferença. A diferença é muito mais notável quando estamos falando de fotos noturnas e principalmente fotos de movimento muito rápido (esporte). Quando olhado por um viewfinder eletrônico existe um pequeno atraso da imagem real para a imagem do visor, o que não acontece quando estamos falando de uma imagem que está sendo refletida por um espelho (no caso DSLR).

Um câmera mirrorless, é bem mais leve que uma DSLR, uma vez que ela conta com menos estrutura interna. Porém, o fato de ser um visor eletrônico faz com que a câmera gaste mais energia do que uma que apenas reflete a imagem.

Câmeras DSLR

Inevitavelmente no item acima eu já entrei no assunto DSLR. Basicamente, a diferença entre a DSLR e a mirrorless é o espelho. Um “pequeno detalhe” que pode fazer muita diferença para um fotógrafo profissional.

Em tese, a qualidade de imagem não muda pelo fato de uma câmera ser DSLR ou mirrorless. O que vai influenciar esta qualidade é o sensor da câmera e a objetiva utilizada.

Ok, decidiu que é de uma DSLR que você precisa? Agora você precisa saber que existem dois tipos deste mesmo equipamento: sensor full frame e cropada.

Crop significa corte em inglês. O que quer dizer que uma câmera DSLR com sensor cropada não vai te entregar a mesma foto que você está enxergando no seu visor no momento do clique. Diferente da full frame que vai reproduzir exatamente o que você está visualizando.

Se você fizer a mesma foto, com a mesma distância focal, mesma lente e o mesmo enquadramento uma câmera cropada vai entregar uma imagem menor do quadro em comparação com a full frame.

Uma câmera full frame requer um investimento muito maior e por isso as câmeras cropadas são chamadas de câmera de entrada. Se você está começando com as DSLR a cropada é o nível iniciante.

Câmeras de ação

Câmeras de ação nada mais é do que a conhecida Go Pro. Embora esse tipo de câmera tenha se popularizado (e muito) é o tipo de equipamento feito para capturar imagens de esportes de aventura, natureza e/ou fotos embaixo d`água.

Além de pequena e muito prática é o tipo de equipamento resistente contra o tempo (neve, água, pó, etc…) e dependendo da intensidade podemos dizer que até mesmo resistente a quedas.

Mas o fato dela ser pequena e prática te obrigada pouco a pouco ir comprando acessórios para melhorar a fotografia. E quando você menos espera está carregando uma mochila recheada de acessórios. Não que isso seja ruim, o mesmo pode acontecer com as duas opções anteriores quando o assunto é lente.

As qualidade da fotografia das câmeras de ação vem evoluindo e podemos dizer que ela tem uma qualidade boa quando fotografado o elemento correto. Este tipo de equipamento não oferece opção manual e nem flash. Ainda que as câmeras mais novas já estão evoluindo no quesito fotos noturnas, essa ainda é uma deficiência do produto.

A sua lente super grande-angular é capazes de enquadrar muita coisa sem muito esforço, e é esta lente que é responsável pelos cantos arredondados das fotos tiradas com as câmeras de ação. Esse detalhe é que impossibilita um efeito natural da paisagem ou fotos tiradas de uma distância muito curta.

Dica de blogger: Uma câmera de ação deve ser uma opção extra, não recomendamos este tipo de câmera como o seu único equipamento fotográfico.

A qualidade dos vídeos de uma câmera dessa pode ser muito boa. Mas vídeos vai ter que ficar para um segundo post. 😉

Qual é o seu objetivo?

Agora que você já entendeu a diferença entre cada uma das câmeras, já sabe que é possível fazer boas fotos com todas elas. Precisa entender qual é o seu objetivo com a fotografia.

Lembre-se: se tem interesse em vender as suas fotos é necessário que você invista em uma câmera que oferece imagens de alta qualidade.

Tão importante (talvez mais) quanto o equipamento é saber fotografar. Para isso nós já preparamos alguns posts com dicas, leia:  como melhorar as suas fotografias de viagem, golden hour a hora mágica da fotografia e dicas de fotografia.

Foto: chuttersnap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *