Loading...
Vida de Blogger

6 lições que eu aprendi em 2 anos de blog

O que aprendi com dois anos de blogs

Agora a Hello Blogger traz pra você, sempre uma vez por mês, casos e depoimentos de blogueiros, para mostrar que você não está sozinho nessa empreitada de blogar sobre viagem. A vida de blogger como ela é, compartilhada de blogueiro de viagem para blogueiro de viagem.

As dicas desse mês ficam por conta da Manuela Hollós, que comanda o blog When in Rio, que completou 2 anos de existência. No post, ela conta pra gente as lições que aprendeu com o blog ao longo desse tempo. Será que você vai se identificar com o depoimento dela? Vem conferir!

Fala, Manuela!

Ah, vale lembrar que foi a Manu que nos deu a super sacada de compartilhar esses depoimentos, sendo assim: valeu Manu (mais uma vez)!

________________

No início de Agosto eu comemorei 2 anos de existência do When in Rio, meu filho… Quer dizer, meu blog. Ainda tenho um longo caminho pela frente, mas nesse tempo eu aprendi muitas coisas que podem ser úteis para quem está começando, ou pensa em começar, nesse ramo.

1. Escolha um nicho

Esse é um conselho já batido, que eu li muitas vezes quando tava criando o meu. Mas ele é tão importante que realmente precisa ser sempre reforçado: sério, escolha um nicho.

Mais vale um blog especializado do que um que tenta falar de tudo um pouco. Essa é a melhor maneira de se destacar na multidão!

2. Confie no seu taco

Falando em multidão, o número de blogs assusta. Se considerarmos os que só tem Instagram, então… Dá até taquicardia. Mas sempre tem espaço para conteúdo relevante, de qualidade, e feito com amor!

Até porque… se a gente se deixar desestimular por isso, não seguiríamos nenhuma carreira 😉

3. Invista na sua escrita

Ainda sobre diferenciais, nada me conquista mais que textos bem escritos. Desculpa, mas não dá pra ter um blog de gastronomia e falar que o prato tava muito bom, entende?

Tem que ir além: busque usar palavras específicas, revise seu texto algumas vezes (se puder ser outra pessoa, melhor ainda), estude sempre, leia outros blogs, e por aí vai.

Se texto não é a sua praia, talvez ter um blog também não seja…

Uma alternativa é buscar um sócio que goste de escrever, e aí na divisão você fica com outras tarefas.

4. Não perca o sono com números

Sim, é muito difícil crescer nas redes sociais. É difícil, às vezes dá até vontade de desistir, mas não vale a pena cair na tentação de pegar atalhos: comprar seguidores, usar robôs para automatização da sua conta, entre outros truques.

Esse desespero de troco likes e sigo de volta é o que mais me desanima (e me envergonha) na profissão.

Foque no crescimento orgânico, em criar um conteúdo diferenciado e em construir relações com o seu público: o resto vem naturalmente! Pode demorar mais do que você imaginava, mas uma hora vem.

5. Planejamento é tudo

A não ser que seu blog seja realmente só um hobbie, sem qualquer pretensão profissional, ​você precisa postar com regularidade.​ E o único jeito de manter o ritmo é tendo um planejamento, por mais básico que seja.

Se você deixar pra escrever só quando tiver tempo ou inspiração, vai ser bem mais difícil não deixar a peteca cair.

Dicas práticas​: crie um calendário no Google Sheets para te servir de norte, anote todas as ideias que surgirem e mantenha um pequeno banco de posts prontos. Assim, quando precisar você tem cartas na manga!

6. Faça com paixão, ou nem faça

Todos os blogs que eu acompanho e gosto têm uma coisa em comum: paixão. Se você quer ter um blog pra ficar rico (hahaha, eu conto ou vocês contam?), pra ganhar mimos ou por status, vai por mim: existem caminhos mais fáceis.

Lições com dois anos de blog

* Por Manuela Hollós: autora do blog ​When in Rio, (@blogwheninrio),​ redatora de conteúdo do aeroporto RIOgaleão e redatora freelancer para outros canais, como o Hostelworld.

2 comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *