Carregando...
Fotografia

Melhores câmeras para fotografia de viagem em 2019

Melhores câmeras para fotografia de viagem

A fotografia é parte essencial de qualquer blog de viagem. A imagem complementa o texto e ajuda o leitor a começar a viagem ainda sem sair de casa. A foto está no Instagram, no Pinterest, na Newsletter que mandamos mês a mês. Por isso, escolher escolher uma boa câmera para fotografia de viagem é uma tarefa difícil e necessária.

O sucesso da fotografia não depende somente do equipamento. Como a gente sempre diz aqui na Hello Blogger, é preciso conhecer algumas técnicas e regras básicas de fotografia e treinar seu olhar fotográfico mais e mais. Mas claro que um bom equipamento ajuda, e muito.

A dica é investir num equipamento de qualidade, que vai durar bastante e te acompanhar para diferentes destinos, do frio ao calor, do safari ao turismo urbano. Como a escolha do equipamento fotográfico envolve um bom investimento financeiro, vamos conversar um pouco sobre as melhores câmeras que você pode escolher para te acompanhar numa viagem.

Como escolher uma boa câmera para fotografia de viagem?

Alguns fatores são essenciais na hora de escolher uma câmera fotográfica para levar em uma viagem.

Peso: como estamos falando de viagem, o ideal seria uma câmera leve e funcional, para caber na mala de mão, para não pesar no pescoço e ser fácil de transportar pra todo lugar.

Preço: quanto mais profissional o modelo, maior o investimento. Mas também não adianta comprar o modelo mais top das galáxias se você não aprender o básico sobre como operar o aparelho. Até quanto você quer investir – em questão de dinheiro e de tempo, para aprender a fotografar melhor?

Qualidade: Especialmente para quem pensa em fazer fotos mais profissionais para o blog, é importante investir em modelos com um bom sensor (para aprimorar a captação da imagem), boas lentes, processamento potente.

Aplicação: Não adianta você investir em uma DSLR (câmeras semi-profissionais), se o que você precisa é de uma câmera para uso sub-aquático. Nem um drone se o que você procura é uma câmera de retrato. É preciso definir muito bem qual é o seu propósito dentro da fotografia de viagem, para escolher o melhor modelo para você.

As melhores câmeras de viagem para escolher em 2019:

Opções não vão faltar na hora de escolher a melhor câmera para levar na sua viagem. O mercado está cheio de modelos interessantes e trouxemos aqui alguns que nós da Hello Blogger usamos e recomendamos.

Se você não entende bem a diferença entre uma câmera de ação, uma câmera compacta, uma DSLR ou uma mirrorless, temos um post que explica direitinho as diferenças entre as câmeras fotográficas. Vale a leitura!

Câmera de celular: Samsung S9

Quando falo que a tecnologia evoluiu muito nos últimos anos, estou falando sério. Antigamente era impensável para um blogueiro de viagem viajar somente com a câmera de um celular, se ele pretendia capturar boas imagens no destino.

Hoje isso é muito possível, com muitas marcas investindo pesado na qualidade das câmeras dos smartphones.

Minha experiência é com o Samsung, que entrega fotos com alta definição, seja de dia ou à noite. Muitas vezes, especialmente em passeios curtos ou lugares com maior dificuldade de deslocamento, fico bem satisfeita com o resultado das fotos com celular.

Comparando com as fotos em um modelo similar do iPhone, especialmente em ambientes de baixa luminosidade, a qualidade das fotos com a câmeras Samsung é bem superior (falei e sai correndo).

Outra empresa que está investindo pesado nas câmeras para celular é a Huawei. O modelo Huawei P20 Pro, com lentes Leica e alta capacidade de processamento, é tão incrível quanto caro.

Câmera de ação: GoPro Hero7 Black

As câmeras GoPro e similares ganharam fama no mercado há uns anos, pela praticidade, resistência e possibilidade de uso sub-aquático. Ao mesmo tempo que trazia essas vantagens, vinha com algumas limitações que a gente precisava considerar. A qualidade da imagem não era tão boa, especialmente em ambientes escuros.

As imagens produzidas pela lente grande-angular, super distorcidas, não eram “agradáveis” aos olhos.

A GoPro Hero7 é o último modelo lançado pela marca GoPro, e veio com muitas melhorias. A qualidade da imagem em locais escuros melhorou muito. Agora é possível escolher entre captar imagens lineares ou com angulação.

E mais: a câmera responde a comando de voz, mergulha até 10 metros e possui um sistema próprio de estabilização de imagem (hypersmooth), dispensando o uso de gimbal. Além de ser super prática, caber no bolso, é uma boa opção  para quem, além das fotos, também grava vlogs de viagem. O único contra é a bateria, que acaba muito rápido se usada no modo filme.

Câmera compacta: Canon G7X Mark II PowerShot

Para quem não abre mão da leveza e praticidade, mas prefere investir numa câmera um pouco mais robusta, tem uma boa opção nessa câmera compacta da Canon. É uma câmera que cabe na bolsa, pesa quase nada mas ainda assim apresenta um bom sensor e processador, deixando essa pequenininha com um desempenho comparável com alguns modelos DSLR.

A câmera ainda possui tela LCD sensível ao toque e inclinável, ótimo para quem vai fazer uma selfie, tirar foto de si mesmo com ajuda de um tripé ou até gravar um vlog. A câmera ainda apresenta estabilização ótica da imagem e conexão wi-fi, o que é uma mão na roda quando você está viajando e quer subir para o Instagram aquela foto linda que acabou de clicar.

Câmera Mirrorless: Sony Alpha A6300


A mirrorless é a escolha da Maytê, que optou pela leveza do modelo Sony Alpha A6300. E quando falamos em Mirrorless, não podemos negar que a Sony está mesmo anos luz à frente da concorrência.

Inclusive, tem muito fotógrafo profissional trocando o pesado equipamento DSLR pela praticidade de carregar uma mirrorless, jurando que os resultados são tão satisfatórios quanto.

O kit básico da Sony vem com a lente 16-50mm f/3.5-5.6 OSS, mas o modelo permite troca de lentes (e a Sony vem trabalhando a todo vapor em desenvolver novas lentes). O sensor é APS-C da Sony, com a captura de 0,05s mais rápida do mundo, intervalo de sensibilidade ISO de 100-51200 e gravação de filmes 4K. Já deu pra perceber que pequena, só no tamanho, né?

Câmera DSLR: Canon EOS Rebel t7i


Eu sou fã da Canon, já tive alguns modelos e sempre opto pela linha Canon EOS Rebel. O modelo mais recente lançado pela Canon, a t7i, é meu sonho de consumo. No momento, tenho a Canon t6i.

É uma câmera de sensor “cropado”, por isso considerada semi-profissional, diferente das profissionais full-frame, que custam muito mais.

Desempenho robusto, visor sensível ao toque e inclinável, conexão wi-fi, essa câmera permite fotografar em uma ampla variedade de condições, desde a luz solar brilhante até cenários interiores pouco iluminados devido ao alto desempenho ISO de até 25600, que pode ser expandida para 51200.

Eu já levei essa câmera para a neve e o deserto, e ela sempre respondeu muito bem aos desafios. É pesada? Sim. Com as lentes que você vai comprando de acordo com seu objetivo (tenho uma 70mm-300mm e agora estou de olho numa 10mm-18mm para fotografia de paisagem), essa brincadeira vai ficando cara e a sua mala de viagem cada vez mais pesada.

Mas os resultados que eu consigo me deixam muito satisfeita e não penso em trocar de marca, só vou atualizando os modelos.

No mesmo nível, estão as câmeras Nikon (como a Nikon d7200). Você pode ver aqui alguns outros modelos de câmeras profissionais Canon e de câmeras profissionais Nikon disponíveis no mercado.

Drone: DJI Mavic Air Combo Fly More

Recentemente investimos na compra de um drone, que deu uma incrementada nas imagens e vídeos do blog. Honestamente, não é um equipamento essencial para um blog de viagem, mas gostamos bastante do resultado dos vídeos e fotos que produzimos com ele.

Compramos um dos modelos intermediários da DJI, o Mavic Air. Ele é um pouco mais robusto que o modelo de entrada, o Spark. Optamos pelo combo que vem com 3 baterias extras e o controle remoto, que permite voar com ondas de rádio, que dá uma autonomia um pouco maior do que o voo controlado apenas pelo sinal wi-fi do celular.

Mas junto com as imagens bacanas, vem a responsabilidade. Voar com drone exige obedecer uma série de regulações. É importante estar atento aos locais onde não é permitido decolar, ou mesmo quando não é seguro levantar voo. E mais: alguns países não permitem a entrada de drones, fazendo a fiscalização e apreensão do material mesmo no aeroporto.

Por isso, pense em tudo isso antes de fazer o investimento.

E você, qual sua câmera fotográfica favorita para viajar?

Conta aqui nos comentários qual a câmera que você tem hoje, se está satisfeito e qual será seu próximo investimento em câmera para fotografia de viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *